Vendas / Suporte: + 55 16 3366.4900  

Vendas / Suporte: + 55 16 3366.4900

A busca para alcançar e manter a produtividade de 3 dígitos é constante e para chegar ao objetivo a tecnologia é um recurso indispensável. Ao passo que grupos e usinas de cana estão investindo pesado no conhecimento e de como a transformação digital puxa a produtividade da cana-de-açúcar. A seguir elencamos quatro exemplos consolidados nos Grupos Atvos e Raízen e nas Usinas Bevap e Vale do Paraná, que pertence aos Grupos Pantaleon, com sede na Guatemala, e Manuelita, com sede na Colômbia.

Monitoramento digital da lavoura

O Projeto Cubo, revolucionou as ações de CTT (Corte, Transbordo e Transporte) da Atvos. De acordo com Rodrigo Vinchi, diretor agrícola do grupo, o Cubo centraliza através de uma torre de controle de CTT processos fundamentas da lavoura. “Ele padroniza os processos, possibilitando um benchmarking interno e uma melhor integração entre as áreas agrícola e a indústria”, pontua Vinchi. Além disso, o Cubo permite que o gestor tenha uma visão completa do ciclo logístico, entre outros detalhes relevantes. O resultado é um modelo de integração “end-to-end”. Além de uma gestão integrada que permite uma profunda e rápida tomada de decisão estratégica e, por fim, maiores ganhos operacionais.

 

Fonte: www.jornalcana.com.br